Notícias e eventos
Know-how

Quais os benefícios do processo de escarificação do solo?

O uso de maquinário pesado, o trânsito de animais e a própria natureza contribuem para a formação do pé de grade ou soleira, uma camada de solo compactado abaixo da superfície da terra.

Quais os benefícios do processo de escarificação do solo?

A utilização de máquinas de grande porte, o pisoteio de animais e eventos da própria natureza contribuem para a compactação do solo. Com isso, os canais de poros que viabilizam a circulação de ar e água na terra para as camadas inferiores deixam de existir gradativamente.

O sistema radicular sofre quando há algo que prejudique o crescimento. Como antes do plantio, o terreno deve estar apto a absorver água, ar e nutrientes para que as raízes das plantas se desenvolvam, o preparo do solo é uma das práticas comuns de manejo usadas na descompactação.

As técnicas convencionais de preparo do solo trazem resultados bastante superficiais. O revolvimento do solo é prejudicial devido a todos os anos de adubação e plantio direto. Conforme a profundidade aumenta, a terra permanece compactada e incapaz de absorver água, ar e nutrientes. É a chamada soleira, pé de arado ou pé de grade.

Para resolver esse problema, aplicam-se técnicas como a escarificação (scar em inglês significa cicatriz). Os escarificadores fazem sulcos até a profundidade de 40 cm no solo. Eles permitem que, depois do preparo, água, ar e nutrientes cheguem até as raízes das plantas.

Benefícios da escarificação

Como se disse anteriormente, a escarificação pode ser usada como um dos meios de preparo do solo. O seu papel fundamental é descompactar o solo a fim de tornar possível o fluxo de ar e a retenção de líquidos, bem como o desenvolvimento das raízes. Porém, esta técnica de descompactação tem outras vantagens se comparada, por exemplo, à aragem e à gradagem, os métodos mais usados no preparo da terra cultivável.

Na escarificação o revolvimento do solo ocorre de forma mínima. Além disso, os escarificadores movimentam pouco a superfície e não elevam a terra, causando agressão reduzida. Consequentemente, o uso dessas máquinas permite que a matéria orgânica (essencial para retenção de umidade e nutrientes) fique na superfície em grande parte, evitando não só a compactação como também a erosão do solo.

Para o plantio de grãos, o uso dos escarificadores é fundamental. Segundo a Embrapa, o sucesso no plantio direto de grãos depende, entre outros fatores, da presença de palha e raiz em quantidades suficientes nas plantações. A escarificação não só permite o crescimento das raízes como também deixa, aproximadamente, 70% da quantidade de palha na superfície.

Sem praticamente revolver a terra e ainda contribuir para a permanência da matéria orgânica na sua superfície, pode-se dizer que a escarificação está em harmonia com o manejo ecológico do solo além de promover a agricultura sustentável.

A KUHN

Atualmente, a KUHN garante presença mundial no mercado aliando a produção de equipamentos agrícolas à sustentabilidade e à tecnologia.

A KUHN sempre esteve empenhada em projetar, fabricar e comercializar equipamentos para fornecer soluções à agricultura. Seus 194 anos de experiência fazem dela uma marca consolidada e uma das mais antigas nesse setor.

Conheça aqui a nossa linha completa de máquinas agrícolas.

Outros notícias

Todas notícias