Notícias e eventos
Know-how

Feijão: da versatilidade culinária à importância econômica

Dono de uma riqueza nutricional rara e muito versátil dentro da culinária, o feijão é um dos principais componentes do prato que é a base da alimentação brasileira, além de ser muito apreciado e utilizado em todo o mundo.

Saiba mais sobre o feijão

Apesar de ser um ingrediente muito famoso, são poucos os que podem dizer que conhecem qual é a origem desse grão e qual a sua importância na economia do Brasil, por exemplo.

ORIGEM DO FEIJÃO

O feijão é uma espécie de leguminosa rica em proteína, carboidrato, ferro, fibras e vitaminas do complexo B.

Quando o assunto é a sua origem, existem algumas teorias que buscam delimitar um marco. Há uma corrente que defende que o grão passou a ser domesticado, ou seja, cultivado a serviço do homem, há aproximadamente sete mil anos antes de Cristo, ganhando os territórios da América Latina depois disso.

Porém, engana-se quem pensa que as explicações e os estudos acerca do tema param por aí. A verdade é que produtos arqueológicos acabaram por demonstrar vestígios do grão no Peru, não há sete, mas aproximadamente dez mil anos antes de Cristo. Depois de chegarem a estes dados, os estudiosos passaram a traçar uma rota contrária, segundo a qual o feijão teria sido domesticado pela América do Sul e só depois se espalhado para a América do Norte.

De qualquer modo, as pesquisas seguiram e o que se tem de mais recente é a informação de que a leguminosa surgiu ao mesmo tempo em três lugares: na região sul dos Andes, na Mesoamérica e no norte dos Andes. Depois disso, os estudos apontam para cultivos secundários na África, na Europa e na Ásia.

IMPORTÂNCIA DO FEIJÃO NA ALIMENTAÇÃO E NA ECONOMIA BRASILEIRA

Segundo estudo realizado pela Embrapa, a Empresa Brasileira de Pesquisas Agropecuárias, o Brasil ocupa o terceiro lugar no ranking dos maiores produtores de feijão em todo o mundo, produzindo cerca de três milhões de toneladas do grão por ano, em média.

De fato, o cenário não poderia ser diferente, já que o feijão é um ingrediente típico e basilar da alimentação brasileira, que compõe a dupla mais consumida em solo nacional: o famoso arroz com feijão. Porém, é preciso dizer que o Brasil já ocupou o topo da lista, figurando como o maior produtor mundial da leguminosa. Foi quando, em 2012 e em 2013, a produção nacional sofreu uma baixa. Dali em diante, vem sendo possível notar uma diminuição gradativa na produção do feijão no Brasil.

Especialistas da Embrapa defendem que parte da queda na produção se deve ao menor consumo do grão pelos brasileiros, principalmente porque, com a rotina cada vez mais corrida, a dinâmica das refeições como um todo foi alterada. Outra parcela de culpa pode ser atribuída à alta dos preços do feijão no Brasil, que vêm acontecendo desde 2019, segundo aponta a POF - Pesquisa de Orçamento Familiar realizada pelo IBGE.

TIPOS DE FEIJÃO

O feijão se apresenta em mais de cinco mil espécies diferentes mundo afora, que podem ser preparadas das mais diversas formas e capazes de compor uma infinidade de pratos distintos. Dentre todos os tipos de feijão, os mais cultivados no Brasil são os catorze que compõem a lista abaixo:

  1. Fradinho;

  2. Rajado;

  3. Rosado;

  4. Branco;

  5. Bolinha;

  6. Jalo;

  7. Feijão de Corda;

  8. Carioca;

  9. Preto;

  10. Cavalo;

  11. Mulato;

  12. Azuki / Adzuki;

  13. Roxo;

  14. Vermelho.

TEMPORADA DE SAFRA NO BRASIL

Muita gente não sabe, mas o feijão conta com três safras durante o ano, o que propicia o reabastecimento devido do grão nas prateleiras dos supermercados país afora.

A primeira safra é chamada de “feijão das águas” ou “cultivo de primavera” e acontece entre os meses de agosto e setembro. Já a segunda safra recebe o nome de “feijão da seca” ou “cultivo de verão”, começando em janeiro e terminando em fevereiro. Por fim, o “feijão de inverno” ou “cultivo de outono-inverno” é a terceira safra, entre abril e junho.

A KUHN BRASIL

A Kuhn Brasil é a parceria certa para o futuro, já que conta com toda a experiência do grupo para levar ao campo os melhores serviços e produtos, como só a líder mundial no ramo de máquinas agrícolas poderia fazer.

Ao todo já são mais de 190 anos trabalhando com excelência e garantindo o melhor desempenho aos agricultores.

Clique aqui e saiba mais sobre a Kuhn Brasil.

Outros notícias

Todas notícias